segunda-feira, novembro 12, 2007

Morte de D. Quixote



Pobres, gritai comigo:

Abaixo o D. Quixote
com cabeça de nuvens
e espada de papelão!
(E viva o Chicote
no silêncio da nossa Mão!)

Pobres, gritai comigo:

Abaixo o D. Quixote
que só nos emperra
de neblina!
(E viva o Archote
que incendeia a terra,
mas ilumina!)

Pobres, gritai comigo:

Abaixo o cavaleiro
de lança de soluços
e bola de sabão
no elmo de barbeiro!
(E vivam os nossos Pulsos
que, num repelão,
hão-de rasgar o nevoeiro!)



José Gomes Ferreira

2 comentários:

quijote gallego disse...

¡Viva Don Quijote!

Anónimo disse...

A. Salgado se fue de este mundo, sin que nunca humana voz echarle en cara pudiera una sola mala acción